sexta-feira, 4 de maio de 2012

Dom Orani: Personalidade Cidadania pela 3ª vez

04/05/2012
Raphael Freire

Na noite da última quinta-feira, 03 de maio, uma parceria entre a Folha Dirigida, a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e a Academia Brasileira de Filosofia premiou as Personalidades Cidadania 2012. Dez personalidades e três instituições foram escolhidas, por meio de uma votação, por contribuírem com a defesa dos direitos do cidadão e com o fortalecimento das políticas de promoção social.

Realizada no Jockey Club Brasileiro, no Centro do Rio, a cerimônia premiou pela terceira vez o Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, que a partir deste ano passa a integrar a “Galeria de Grandes Personalidades” ao lado de nomes como os de Dom Eugenio Sales e Zilda Arns.

Escolhido por dedicar a sua vida ao trabalho pastoral, fazendo da fé um meio de ajudar aqueles que precisam, Dom Orani foi premiado pelo notável desempenho social e de cidadania além do lado pastoral, e por ser uma voz permanente em defesa da formação humana. Após receber o prêmio das mãos do Bispo Auxiliar Emérito da Arquidiocese do Rio, Dom Karl Josef Romer, o Arcebispo agradeceu e saudou os organizadores do evento, crendo que os mesmos traduzem o desejo e o sonho de um país melhor, de um mundo melhor, onde a cidadania seja respeitada.

— É uma alegria poder estar aqui claro que não apenas representando a mim, mas todos aqueles que trabalham comigo na preocupação cidadã. Tenho certeza que não só aqui no Rio de Janeiro, mas onde quer que esteja, a Igreja Católica tem essa preocupação com a cidadania. Essas entidades que organizam o prêmio estão de parabéns, pois promovem esse belo momento e eu agradeço por ter sido indicado para que pudesse receber essa honraria, afirmou Dom Orani.

O Arcebispo ressaltou ainda durante seu discurso os trabalhos realizados pela Igreja como a Campanha da Fraternidade, que neste ano trabalha questões ligadas à saúde pública. Além disso, Dom Orani falou sobre o legado social que a Jornada Mundial da Juventude deixará para a cidade.

— A Igreja tem trabalhado os vários aspectos sociais tanto na reflexão, quanto na atuação. Agora que nós nos preparamos para a Jornada Mundial da Juventude, no próximo ano, um dos aspectos e uma das preocupações é justamente deixar um legado social. Nossa preocupação é com os jovens envolvidos com as drogas, as dificuldades existentes na recuperação e como está sendo a assistência dada a essa juventude. (...) A Igreja vem procurando desempenhar cada vez mais a promoção humana compartilhando com todas as pessoas esse sonho de que todos vivam com dignidade, destacou.

Também pela terceira vez, recebeu o prêmio como uma das instituições eleitas para o título de Personalidade Cidadania 2012, a seccional do Rio de Janeiro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que, desde 2007 é presidida por Wadih Damous. Por ter sido eleita pela terceira vez a entidade passa a integrar a “Galeria das Grandes Instituições”.

— É a terceira vez sob o meu mandato que a OBA recebe o prêmio Personalidade Cidadania, e por sua força diante da missão que ela exerce é que eu acredito que os advogados brasileiros estejam sendo homenageados mais uma vez na noite de hoje. Agradeço pelo reconhecimento do papel que a OAB cumpre na sociedade brasileira, disse o Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio de Janeiro, Wadih Damous.

O Vice-Governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, também foi premiado e compartilhou a honraria com a esposa Maria Lúcia Horta – que não pôde comparecer por conta de uma cirurgia que realizou na última terça-feira – e com o Governador, Sérgio Cabral Filho, que já faz parte da “Galeria das Grandes Personalidades” por ter sido eleito nos anos de 2007, 2008 e 2009.

— É uma alegria imensa estar compartilhando esse prêmio com todos os outros que compõem essa mesa e que também recebem hoje esse título de Personalidade Cidadania. É uma emoção muito grande estar aqui e compartilho esse prêmio com a minha esposa e com o Governador Sérgio Cabral, que foi e é sempre uma pessoa generosa. Se eu pude trabalhar, exercer minha função e viver todas as conquistas que essa sociedade conseguiu, em especial as conquistas aqui no Rio de Janeiro, eu devo a ele, ressaltou Pezão.

Os outros premiados foram: o Deputado Federal Alessandro Molon; o Presidente da Associação Comercial do Rio de Janeiro, Antenor Barros Leal; o Secretário Estadual do Meio Ambiente, Carlos Minc; o Ministro do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa; o Cartunista Ziraldo; o Economista Sérgio Besserman; a Major da Policia Militar, Priscila Azevedo; o Procurador Geral do Ministério Público do Trabalho, Luiz Antônio Camargo. Já as outras duas instituições escolhidas foram: o Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro e o Procon- RJ.

A escolha dos premiados foi feita através de votação espontânea e secreta, por um colégio eleitoral que reúne figuras representativas dos mais diversos seguimentos da comunidade – áreas sindical, cultural, educacional, judiciária, política, etc. Este ano, foram contabilizados 4.302 votos. De acordo com o Jornalista e Presidente do Grupo Folha Dirigida, Adolfo Martins, a eleição das Personalidades tem uma marca da legitimidade, do reconhecimento e do respeito.

— Além de carregar a chancela da representatividade de um colégio eleitoral que reúne figuras de destaque dos mais diversos segmentos da nossa comunidade, as eleições tem o endosso com a credibilidade dessas duas consagradas instituições: a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e a Academia Brasileira de Filosofia, que são parceiras honrosas da Folha Dirigida nesta iniciativa. (...) Todos os premiados são personalidades cujo perfil enriquece a galeria dos que lutam pela inclusão humana e pelo desenvolvimento social e que servem como exemplo para todos nós, concluiu Adolfo Martins.

* Fotos: Raphael Freire e Stephania Figueiredo


Fonte: Portal da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário