terça-feira, 24 de abril de 2012

Dom Orani apresentará JMJ RIO2013 na 50ª AG dos Bispos

24/04/2012
Raphael Freire

De 23 a 28 de julho de 2013, a cidade do Rio de Janeiro será palco da Jornada Mundial da Juventude (JMJ RIO2013). Os preparativos e o andamento do trabalho serão apresentados em plenário para mais de 300 bispos, reunidos na 50ª Assembleia Geral dos Bispos da CNBB, em Aparecida (SP), na próxima quarta-feira, dia 25 de abril.

Todos os detalhes já decididos para esse grande encontro mundial entre os jovens e o Santo Padre, o Papa Bento XVI, serão levados ao conhecimento dos bispos pelo Arcebispo do Rio de Janeiro e Presidente do Comitê Organizador Local da JMJ RIO2013, Dom Orani João Tempesta.
Dom Orani avalia como fundamental a participação dos jovens na preparação da JMJ RIO2013. Segundo o Presidente do Comitê Organizador Local, a juventude está participando ativamente no voluntariado, principalmente oferecendo suas casas para acolher jovens vindos de todo o Brasil e de outros países.

— Os jovens são fundamentais neste período de preparação, tanto em nível da Arquidiocese do Rio de Janeiro como nas dioceses. Na Arquidiocese temos uma vigília de oração permanente intitulada “Vigília dos Jovens Adoradores”, e, nas paróquias, conforme a disponibilidade, os padres organizam um tempo de oração. Ou seja, os jovens estão participando, tanto na parte da organização como na oração, disse.
Para ele, há também uma grande importância nos símbolos da Jornada para a preparação dos jovens que participarão desse grande momento de fé e esperança.

— A Cruz Peregrina e a Imagem de Nossa Senhora têm despertado em todos os jovens o interesse pela Jornada Mundial da Juventude, que acontecerá no Rio de Janeiro no ano que vem. (...) Estamos dando passos importantes. Já tivemos a logomarca lançada, em breve teremos o hino oficial e a oração da Jornada. Esperamos que até junho já tenhamos os locais definidos para as celebrações, afirmou o Arcebispo.

Aproveitando o encontro da 50ª Assembleia Geral dos Bispos — um marco que realça a importância que cada um desses encontros tem para fortalecimento da colegialidade episcopal e da animação da ação evangelizadora da Igreja no Brasil — Dom Orani pretende ressaltar que a Jornada acontecerá no Rio de Janeiro, mas que é um evento mundial, passando para cada cristão católico, em especial, para cada Bispo, a responsabilidade de juntos construir um belo momento de evangelização, confirmando, assim, o lema escolhido por Bento XVI para o encontro do próximo ano: “Ide e fazei discípulos entre todas as nações” (Mt 28, 19) .

— A JMJ é um evento mundial e, por isso, todas as dioceses fazem a sua preparação. Aqui no Brasil acontecerá a pré-jornada, e o mais importante que será, depois da Jornada Mundial, a pós-jornada, que é como continuar a jornada no Brasil, nas dioceses e nas paróquias, explicou Dom Orani.

* Foto: CNBB

Nenhum comentário:

Postar um comentário