quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

“Sigam Cristo com alegria no serviço aos irmãos”

23/02/2012
Carlos Moioli - Jornal Testemunho de Fé





Na celebração de encerramento do Retiro “Rio de água viva”, na tarde de terça-feira, 21 de fevereiro, o Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, exortou os fiéis a serem sinais do amor de Cristo, o Bom Pastor, que veio ao mundo para servir, não para ser servido.

— O Senhor nos convida a seguí-lo com alegria, a viver com generosidade no serviço aos irmãos, como servidores. O mundo necessita de sinais, de pessoas que vivam na liberdade dos filhos de Deus, afirmou.

Promovido pela Renovação Carismática Católica (RCC), o retiro foi realizado no Colégio Salesiano, em Riachuelo, de 19 a 21 de fevereiro. Na programação: celebrações de louvor, adoração, missas, orações de cura e muita animação conduzida pela Banda Canto Novo. O retiro foi marcado pelos 40 anos de presença da RCC no Rio de Janeiro.

Ao refletir sobre o Evangelho do dia, Dom Orani recordou que Jesus estava alertando os discípulos sobre a sua morte e ressurreição, enquanto eles discutiam entre si quem seria o maior.

Tudo poderia ser diferente, alertou o arcebispo, inclusive na própria Igreja e também na sociedade, se não houvesse disputa pelo poder. Disse que as guerras de perto ou de longe, as pequenas ou as de grandes proporções, acontecem primeiro no coração do homem.

— As brigas que acontecem entre nós, que desanimam e escandalizam as pessoas, acontecem porque há disputas pelo poder. Jesus nos ensina que precisamos ser servidores: ‘O maior seja aquele que serve’. A Palavra de Deus nos liberta, nos deixa felizes e tem o poder de transformar as realidades, mas depende da nossa resposta, afirmou o arcebispo.



O pregador oficial do evento, o mato-grossense Pedro Nascimento desenvolveu o tema central: “O Senhor é meu pastor e nada me faltará”. O retiro reuniu, em cada dia, cerca de 2,5 mil fiéis, de todos os cantos da Arquidiocese.

Entre os Presbíteros presentes no evento, o Bispo Auxiliar e animador da juventude, Dom Antonio Augusto; o coordenador nacional do Ministério Cristo Sacerdote da RCC, Padre Geovane Ferreira, da Paróquia Sagrada Família, na Maré; o diretor espiritual do Conselho Arquidiocesano da RCC, Padre Marcos Dantas e o Padre Gleuson Gomes, da Paróquia São Joaquim, no Estácio.

Depois da apresentação dos coordenadores da RCC dos vicariatos da Arquidiocese, Dom Orani abençoou os fiéis com a relíquia da beata Elena Guerra, a apóstola do Espírito Santo, venerada na vizinha Arquidiocese de Niterói.

No final da celebração, o coordenador da RCC/Rio, Almir Belarmino, informou os números do evento. Foram 857 confissões, atendidas por 38 presbíteros, 663 orações ministradas individualmente, 228 crianças que participaram dos momentos de evangelização, o berçário atendeu 50 bebês e 615 servos trabalharam para o sucesso do evento.

Houve ainda a projeção de um vídeo-convite sobre o Congresso Nacional da RCC e sobre o Encontro Mundial da Juventude da RCC, sob o tema: “Em Jesus todas as nações porão sua esperança” (cf. Mt 12,21), a ser realizado em Foz de Iguaçu (PR), no período de 10 a 15 de julho de 2013 — um pouco antes da realização da Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro.

A celebração foi transmitida pela Rádio Catedral e pela Web TV Redentor, que registrou 7,5 mil acessos.

*Fotos: Carlos Moioli

Fonte: Portal da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário