terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

"Diversidade religiosa no Brasil"

13/02/2012
Raphael Freire





Neste início de 2012, Ano do Discipulado, a Arquidiocese do Rio de Janeiro vem realizando, promovendo e sediando diversos seminários, cursos e encontros, confirmando assim seu estado permanente de formação para a missão. Após realizar o 21º Curso para Bispos, a Igreja no Rio sediou entre os dias 10 e 12 de fevereiro, o 3º Simpósio de Formação Ecumênica e o 15º Encontro de Professores de Ecumenismo e de Diálogo Interreligioso, promovido pela Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e o Diálogo Interreligioso da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Com o tema: "Diversidade religiosa no Brasil", o objetivo do simpósio foi compreender os aspectos determinantes do pluralismo eclesial e religioso no país, além de capacitar agentes de pastoral e professores de ensino religioso em escolas públicas e particulares para o diálogo ecumênico e interreligioso, como explica o Assessor da Comissão da CNBB, Padre Elias Wolff.

- A realização desse simpósio faz parte de um projeto que a Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e o Diálogo Interreligioso da CNBB possui de possibilitar momentos de formação para agentes de pastoral da Igreja Católica e também de outras Igrejas que queiram participar no sentido de conhecer melhor o pluralismo religioso e eclesial existente no Brasil, analisar suas causas e suas características atuais, além de também perceber quais são os desafios e caminhos para um diálogo entre as Igrejas e religiões, afim de que se estabeleça relações de cooperação, interação e comunhão na fé, afirmou.

Padre Elias destacou ainda que faz-se necessário desenvolver posturas de respeito, acolhida, diálogo e cooperação ecumênica e interreligiosa. O sacerdote acredita que o simpósio é capaz de aprofundar o conhecimento sobre o diálogo já realizado, bem como compreender as exigências e as possibilidades para a continuidade deste diálogo.


- Nós temos também como objetivo fortalecer as lideranças que já estão atuando no ecumenismo nas diferentes dioceses e regionais do Brasil. Temos as comissões diocesanas e os bispos referenciais para o ecumenismo nas dioceses de modo que fortalecendo essas lideranças e comissões todos os projetos que a Igreja possui para o ecumenismo podem chegar concretamente até as bases e as comunidades, ressaltou o sacerdote.

O curso – que foi realizado no Centro de Acolhida Missionária Assunção (CENAM) – em Santa Teresa, compreendeu conferências, trabalhos em grupos, plenárias e celebrações. Assuntos como: A diversidade religiosa no Brasil – Análise sócio-fenomenológica; O pentecostalismo no Brasil – Análise sócio-fenomenológica; A diversidade religiosa no Brasil – Análise teológico-pastoral; O pentecostalismo no Brasil – Desafios e perspectivas para o diálogo; e A articulação do diálogo ecumênico e interreligioso no Brasil, foram trabalhados durante os três dias de encontro.

- Já refletimos sobre o plano de trabalho, a participação e as metas da Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e o Diálogo Interreligioso, que foram traçadas no ano passado e como elas podem ser cumpridas com a participação de lideranças, inclusive com a juventude, tendo em vista a JMJ RIO2013. Nosso objetivo é criar meios para que se possa refletir cada vez mais sobre o ecumenismo no Brasil. Temos percebido que é necessário cada vez mais aprofundar o tema até porque é um sonho do coração de Deus que todos sejam um, e nós sabemos a relevância da unidade dos cristãos para a sociedade, inclusive, porque é vendo a unidade dos cristãos que o mundo vai crer e vai ser mudado, disse Anne Ramiro da Comunidade Coração Novo.


Durante o simpósio, bispos, padres, professores de Ensino Religioso e agentes de pastoral também tiveram a oportunidade de ouvir o Presidente do Pontifício Conselho para a Unidade dos Cristãos, Cardeal Kurt Koch. Além disso, o Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, também participou do curso respondendo algumas perguntas relacionadas à Jornada Mundial da Juventude (JMJ RIO2013) e deu às boas vindas aos participantes de todo o Regional Leste 1.

- Estamos felizes de sediar aqui no Rio de Janeiro o 3º Simpósio de Formação Ecumênica e o 15º Encontro de Professores de Ecumenismo e de Diálogo Interreligioso. É um prazer encontrar aqui meus irmãos bispos, padres, leigos, religiosos, cristãos de outras denominações e também os integrantes da CNBB. Desejo que todos possam retornar para suas paróquias, dioceses e regionais, continuando toda essa missão e transmitindo a outros o trabalho aqui realizado, destacou Dom Orani.

* Fotos: Carlos Moioli

Fonte: Portal da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário