quinta-feira, 14 de julho de 2011

Um Mutirão para comunicar a verdade



Cláudia Brito


O 7º Mutirão Brasileiro de Comunicação – Comunicação e Vida: Diversidade e Mobilidades, que acontecerá entre os dias 17 e 22 de julho, na Puc-Rio, na Gávea, pretende ser um marco para melhorar a comunicação no Brasil. Para o coordenador geral do Muticom, Padre Omar Raposo, a participação de todos os agentes da Pastoral da Comunicação é essencial.

- O Mutirão é um evento imperdível. Quem pensa em comunicação na Igreja Católica não pode ficar de fora. A nossa motivação é poder estar em um ambiente com um grande fluxo de informações, possibilidades e projetos e, a partir dessa dinâmica, criar uma interface mais positiva e profissional para a comunicação da nossa Igreja, revelou o Sacerdote que também é Assessor para eventos de massa da Arquidiocese do Rio de Janeiro.

O Muticom está sendo organizado pela Arquidiocese do Rio e pela Pontifícia Universidade Católica. Segundo o Vigário Episcopal para a Comunicação Social, Padre Marcos William Bernardo, é fundamental conhecer os diversos meios de comunicação e ter com eles uma maior familiaridade, reconhecendo a importância das novas tecnologias para o processo evangelizador.

- No Muticom, os participantes terão o privilégio de refletir e ampliar o conhecimento da boa comunicação, no universo paroquial, porque sem ela o processo de evangelização fica deficiente. Nós não podemos desconhecer que a comunicação faz parte da dinâmica humana, destacou.

O Coordenador Arquidiocesano da Pastoral da Comunicação (Pascom), Padre Márcio Queiroz, também acredita que, diante de todos os conteúdos que serão tratados ao longo desses dias e por tudo o que vai ser oferecido, os participantes terão uma oportunidade única de conhecer melhor os meios e as ferramentas de comunicação que estão sendo utilizadas atualmente. E, a partir das experiências partilhadas, contribuir com o crescimento das paróquias e comunidades.


“Participação da Pascom é essencial”, afirma Pe. Márcio


- Acredito que o Muticom nos fará “entrar em águas mais profundas”, como diz o Evangelho, para aumentar o conhecimento e não temer o novo que virá. A participação dos “pasconeiros” é fundamental, porque os agentes da Pascom são aqueles que estão diretamente responsáveis pela comunicação da nossa Igreja, incentivou.

Padre Márcio também destacou que os comunicadores católicos, que falam em nome da Igreja, precisam utilizar a linguagem leiga de forma cristã, autêntica e ética, como alguém que crê verdadeiramente em uma comunicação diferenciada.

- O “ser cristão” é uma identidade própria desse comunicador, que, através das suas palavras, transparece a fé vivenciada e “anuncia o que escutou ao pé do ouvido”, como nos diz a Palavra de Deus, enfatizou.


Oficinas inovadoras alcançam pessoas de todas as idades

- Os participantes vão se aprofundar sobre as questões da comunicação e conseguirão transmitir a Palavra de Deus de uma melhor maneira. Os jovens também encontrarão oficinas inovadoras e atuais, como “Mídias Sociais” e “DJs Católicos”, motivou o estudante do 4º período do Curso de Jornalismo da Puc Rio, que é estagiário da equipe do Muticom, Renato Francisco.

O Secretário Executivo do Muticom Rio, Paulo Lima, também destacou as oficinas que serão direcionadas para as secretárias, com o objetivo de melhorar a comunicação paroquial e otimizar o trabalho das secretárias.

- É muito importante que as secretárias participem dessa oficina, porque elas são a porta de entrada da Igreja. Diante da vida corrida e repleta de compromissos dos padres, o trabalho das secretárias poderá ser ainda mais dinâmico com a inclusão das ferramentas digitais, incentivou Paulo.

Lembrando da regra de São Bento, que ensina a “orar e trabalhar”, toda a equipe do Muticom se prepara para esse grande evento, contando com a graça de Deus e com a intercessão de toda a Igreja.


- Contamos com a intercessão de Nossa Senhora e pedimos também a oração de todos os “pasconeiros” para que possamos atingir o nosso alvo, que é buscar uma comunicação mais ética e cristã, propagando os valores do Evangelho, onde está a verdade, de forma a ampliar a comunicação da Igreja e agradar, acima de tudo, a Deus, pediu Paulo.


As inscrições ainda estão sendo feitas

As inscrições, que já tiveram prazo esgotado pelo site do Muticom, ainda podem ser realizadas até a próxima sexta-feira, dia 15, na sede do Vicariato para a Comunicação Social (Vicom), no Edifício João Paulo II, na Glória, das 9h às 18h. No dia do evento também será possível se inscrever diretamente na Puc-Rio, na Gávea.

Os certificados de participação das oficinas serão fornecidos pela Universidade Católica. Segundo a organização do Mutirão, embora possam acontecer inscrições de última hora, é importante esclarecer que as mesmas dependem do número de vagas restantes e que algumas oficinas já estão lotadas. Outras informações pelos telefones (21) 2292-3132 R. 224 / 7520-6296 ou pelo site www.muticom.com .

O Edifício João Paulo II fica na Rua Benjamim Constant, 23, na Glória. O Vicom atende no 3º andar.
A Puc-Rio fica à Rua Marquês de São Vicente, 225, na Gávea.


* Colaboração: Nice Affonso

* Fotos: Arquivo Portal da Arquidiocese do Rio de Janeiro


Fonte: Portal da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário