sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Despedida


Infelizmente no dia 04 de fevereiro faleceu a Professora Clarice Abdalla vítima de infarto fulminante.
Esta notícia chocou toda a equipe da Pastoral da Comunicação do nosso Vicariato e de toda a Arquidiocese.
Clarice tinha 48 anos e depois de passar por emissoras de rádio como Jornal do Brasil e Panorama, estava a frente da Assessoria de Comunicação Social da PUC-Rio e dava aulas pelo Departamento de Comunicação da universidade. A jornalista foi pioneira na criação de sites de rádio e coordenava a produção dos programas “Estação Pilha” e “Revista Jovem”, que vai ao ar aos sábados, 13h, pela Rádio Catedral, 106,7 FM. Em 2008, a professora ministrou aulas para alunos dos Vicariatos territoriais da Arquidiocese com o objetivo de formar agentes para atuação nas Pastorais da Comunicação.

"A nossa breve convivência foi suficiente para encontrar nela uma pessoa muito competente, amiga e comprometida com a evangelização através dos meios de comunicação", comenta Gustavo Kelly da PasCom da Leopoldina.

3 comentários:

  1. Na missa de corpo presente, todos os presentes da Comunicação concordamos que o trabalho merece ser continuado, até mesmo, por homenagem à Professora Clarisse Abdalla. Dá saudade em ato por nós construído, saber que lá estava ela nos orientando com seu modo sempre carinhoso. O portal da arquidiocese e cada um dos sites e blog-sites, são um pedacinho da presença da Clarisse. Parabéns por este trabalho. Estarei acompanhando! Marcos Arzamendia (Pascom Vicariato Urbano)

    ResponderExcluir
  2. Clarisse Abdalla é um ícone nesse processo de modernização do site da arquidiocese e incentivadora na organização e criação das Pastorais de Comunicação dos Vicariatos. Sentiremos saudades da Clarisse e com certeza daremos continuidade nesse trabalho pioneiro.

    ResponderExcluir
  3. Com muito pesar recebemos a notícia da morte da Prof. Clarisse, já tão querida e admirada por nós. Ela que tanto nos incentivou nesta caminhada da comunicação digital, nos ensinando os primeiros passos, ficará em nossa memória a pessoa dedicada e determinada que foi. Que
    nossa tristeza seja transformada em determinação, seja talvez nossa maior homenagem a ela.

    ResponderExcluir